O TRÍZIMO. Que história é esta?


Desde os tempos primórdios, o dízimo significa devolver a Deus dez por cento de tudo aquilo que ganhamos, pois o Senhor ama quem dá com alegria. Ao fazermos uma análise nas escrituras sagradas, podemos perceber que a lei do dízimo é infalível quando está sendo praticada por cada pessoa. Numa época em que é falado muito em prosperidade, torna-se complexo falar neste assunto. Há ímpios que não gostam nem de ouvir a palavra dízimo que já dizem que é roubo. A teologia da prosperidade que nos assola cada vez mais, não nos deixa falar em dízimo ou oferta no seu verdadeiro sentido, que é ordenança bíblica e sacrifício a Deus. Algumas pessoas defendem a prática do dízimo com liberalidade da contribuição ao seu modo. Mas é errado fazer qualquer alegação que fuja das sagradas escrituras. Antes de começar a gastar, devemos honrar a Deus dando-Lhe o que Lhe pertence primeiro. A Bíblia diz em Provérbios 3:9 “Honra ao Senhor com os teus bens, e com as primícias de toda a tua renda.” Dar o dízimo é uma forma de agradecer ao Senhor por tudo aquilo que ELE nos tem oferecido. Contudo, há “pessoas” em nosso meio que estão criando artimanhas para distorcer este preceito bíblico. É o exemplo do Apóstolo Valdemiro Santiago que tem dito que foi tocado por Deus para que as pessoas desse o trízimo. O trízimo é 30% porcento de seus salários. O salário do mês de dezembro (10%) mais o 13° salário (20%). É uma questão de fé! Afirma o Apóstolo. Isto é antibíblico! Meu grifo. A bíblia nos relata que o dízimo é ordenança divina e que temos que oferecer ao senhor dez por cento de tudo aquilo que ele nós recebemos. ELE só pede 10%. Eu não entendo o porquê que pessoas usam instrumentos de comunicação que valem uma fortuna, invés de pregarem o evangelho, procuram maquiar o conteúdo bíblico, inventando coisas, balelas que não é contido na palavra de Deus. Deus diz que quando não damos dízimos e ofertas, estamos roubando-Lhe. A Bíblia diz em Malaquias 3:8 “Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas.”
Logo, observamos que o “Apóstolo” está usando de modo errado a palavra de Deus. Certo que a cooperação dos fiés de sua igreja não importa a nenhum de nós, mas quando ele distorce a palavra divinamente inspirada, aí o negócio complica. Não caiamos nessas “lorotas prósperas”. Claro que se você der mais que a sua quantia do dízimo a Deus, ELE irá agradecer do mesmo modo enviando sua benção. Porém, quando nós trocamos dízimo que é lei bíblica e ponhamos trízimo, foge inteiramente destes preceitos. O pecado não está na quantia e sim no objetivo. O objetivo do dízimo é agradecer a Deus e ajudar na manutenção da obra dele na terra. No momento em que usamos termos atrativos para chamar atenção da massa, percebe-se que há um objetivo maior de acumulação de bens e não de fé. Que possamos vigiar e atentar para certas coisas que para alguns são simples, mas é complexo, pois distancia da ordem bíblica. Dê o dízimo e não o trízimo e você verá as benção de Deus sendo derramadas na sua vida.

“Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes.” (Malaquias 3: 10).
video

This entry was posted on quinta-feira, 17 de dezembro de 2009 and is filed under ,,. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

One Response to “O TRÍZIMO. Que história é esta?”

  1. Bela abordagem! parabens pela materia!
    Nao sou contra o dizimo,sou contra a obrigatoriedade do dizimo, no texto de malaquias esta bem claro QUEM roubava eram os sacrdotes que davam o dizimo dos DIZIMOS do que lhes nao servia ,ao ler o contexto completo vemos isso
    Na graça o cristao nao tem obrigaçao como o judeu tinha mas dizima por amor e de livre e espontanea vontade
    E quanto as benÇAOS elas sao gratis nao podemos pagar a Deus para receber algo,afinal ele nao precisa de nada tudo pertence a ele
    O cristao deve orar pelas suas nescessidades e nao parar o dizimo para receber

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar em meu blog. Espero que você tenha sido edificado pelo conteúdo aqui exposto. Volte sempre e que Deus te abençoe.